História do Centro de Artes Yara Tupynambá é lançada em livro

Publicação apresenta o trabalho desenvolvido em mais de 20 oficinas de artesanato

A Associação de Arte e Artesanato do Centro Social Urbano de Itaúna vai lançar, na sexta-feira, 12 de janeiro, o livro “Mãos que Trabalham”. A obra conta a história da entidade, que há quase 40 anos desenvolve importante trabalho na cidade, e também ressaltando o talento e a dedicação dos envolvidos nas atividades, há aproximadamente quatro décadas, como os fundadores, dirigentes, instrutores e alunos das 23 oficinas oferecidas.

A instituição sem fins lucrativos, que conta com apoio da Prefeitura, foi criada em 1981, com foco, principalmente, em unir e valorizar os artesãos do Município. Com o passar do tempo, a entidade incorporou o ensino de técnicas variadas, como pintura, cerâmica, modelagem, marchetaria, tricô, crochê, macramê, boneca, cartonagem, biscuit, sabonete, EVA, entre outras. Além do aprendizado, os artesãos recebem estímulo para produzir e expor os produtos, inclusive na sede do projeto, o Centro de Arte e Artesanato Yara Tupynambá e em feiras periódicas.

Recursos captados por meio das leis de incentivo à cultura reforçaram desde 2005 as ações e já beneficiaram quase quatro mil pessoas de Itaúna e região. “E agora, com a ajuda de patrocínios, conseguimos realizar o sonho de lançar o livro, que aborda todos os tipos de oficinas, destacando as realizações, a capacitação garantida a tanta gente, com possibilidade de aumento da renda familiar e aumento da autoestima”, comenta o presidente da associação, o artista plástico Gláucio Bustamante.

A cerimônia de lançamento será a partir das 20 horas, no Espaço Cultural Adelino Pereira Quadros. O endereço é rua Antônio Corradi, 55, Centro. Mais informações pelo telefone 3243.6425 ou 3243.6395.

FONTE: PREFEITURA DE ITAÚNA

Facebook Comments