Educação promove a cultura e leva artes cênicas a 150 alunos

Oficina de Teatro é mantida pela Prefeitura como incentivo à descoberta de novos talentos

O palco do Sílvio de Mattos, onde tiveram início as aulas da Oficina de Teatro, em fevereiro, foi o mesmo que recebeu, na noite da última segunda-feira, dia 04, mais de 150 alunos para a formatura do programa de valorização e incentivo das artes cênicas. Mantido pela Prefeitura, o projeto reforça as estratégias de ampliação e criação de oportunidades aos interessados na dramaturgia. Em 2017, vários espetáculos produzidos durante o curso foram inseridos no calendário cultural oficial do Município e apresentados a centenas de itaunenses, movimentando o cenário artístico local.

Ao todo, foram oito espetáculos entre drama, comédia e suspense, além de uma divertida releitura do clássico infantil Scoob-Doo, que na interpretação dos alunos da Oficina teve o teatro como cenário para muitas aventuras. Peças como “Mistério da Mansão Mal Assombrada”, “Cela 8: uma vida por trás das grades”, “Esquizofrenia – Me chamam de louco apenas por não me entenderem” e “Vila do Sossego”, por exemplo, lotaram as sessões no Espaço Cultural.

“É com alegria que vejo hoje o teatro cheio. Ao longo do ano foram dias de aprendizado. O curso oferecido permitiu que os alunos tivessem contato com os elementos fundamentais para o trabalho de sensibilização e criação. A partir de exercícios de expressão corporal, concentração, percepção do outro e do espaço e improvisação todos tiveram a oportunidade de estimular e desenvolver a presença cênica. E isso foi colocado à prova durante os espetáculos executados. Foi muito gratificante”, afirmou o instrutor das oficinas, o ator e diretor Filipe Correa.

As turmas da Oficina de Teatro foram divididas em sete, para atender ao maior número de alunos e em diferentes horários. Todos passaram por várias etapas até o resultado final, executando exercícios cênicos, jogos de improvisação, preparação vocal e corporal, entre outras técnicas que preparam o ator, até chegar ao seu processo de montagem do espetáculo.

“As aulas são voltadas para o desenvolvimento dos alunos, que realizam atividades de expressão corporal, vocal e improvisação, algo que favorece o convívio coletivo e ajuda no autoconhecimento e formação da personalidade dos jovens”, afirmou o Gerente de Cultura, Sérgio Machado.

“Diante de um resultado tão significativo, em nome de toda a Prefeitura, agradeço o comprometimento dos alunos, a paixão pelo conhecimento, destacando também as famílias e amigos pelo apoio aos novos atores, por acreditar neste trabalho e por acreditar nesses talentos. É acreditando na Cultura que faremos ela crescer ainda mais em Itaúna”, completou Sérgio Machado.

Este slideshow necessita de JavaScript.

FONTE: PREFEITURA DE ITAÚNA

Facebook Comments