Plano de Ação prevê série de medidas para o Instituto Municipal de Previdência de Itaúna

Proposta é implantar gestão compartilhada, fundamentada na boa governança corporativa

A atual direção do Instituto Municipal de Previdência dos Servidores Públicos de Itaúna – IMP, iniciou os procedimentos para a implementação de 32 ações a serem executadas em 2017 com a proposta de modernizar e tornar mais eficiente a administração da autarquia. Parte das medidas atende às recomendações do Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais – TCE/MG, enquanto outras foram extraídas do “Manual de Boas Práticas”, da Associação Nacional de Entidades de Previdência dos Estados e Municípios. Também há mudanças alinhadas com o programa especial do Ministério da Previdência Social.

De acordo com o diretor-geral do IMP, as ações propostas têm como eixos centrais a gestão compartilhada e a governança corporativa. “Além das recomendações legais, como a previsão do artigo 37 da Constituição Federal que destaca a legalidade, a publicidade e a eficiência, faz-se necessário a adoção de um conjunto de boas práticas para aumentar a confiança das partes interessadas, que são os segurados, fornecedores, colaboradores, entre outros envolvidos, perante a autarquia”, explica.

O gestor ressalta que o IMP possui uma estrutura invejável em termos de recursos humanos, um facilitador para a governança corporativa e compartilhada. “Os servidores, em sua maioria, são de carreira, quer dizer, concursados e efetivos, qualificados, com formação técnica e acadêmica condizente com o cargo. Os conselheiros, tanto do Conselho Administrativo quanto do Conselho Fiscal, possuem capacitação técnica para o desempenho de suas atribuições com competência e seriedade”, completa.

O diretor-geral destaca ainda a existência do Comitê de Investimentos. “Os membros acompanham com técnica, seriedade e comprometimento as aplicações dos recursos existentes pensando não apenas na saúde presente do IMP, mas também buscando assegurar a solidez desses recursos no futuro”, reforça. O projeto já foi apresentado aos Conselhos Administrativo e Fiscal, bem como aos servidores. “A efetiva aplicação das ações propostas contribuirá com um trabalho alicerçado na ética, na transparência, na equidade, responsabilidade e justiça social”, conclui o gestor.

Dentre as ações propostas destacam-se:

* Repaginar o site do IMP, alimentando-o com conteúdo constantemente. Através dele o usuário poderá ter acesso as mais diversas informações, inclusive simular sua aposentadoria;

* Elaboração de boletim bimestral destinado aos segurados e à sociedade civil;

* Capacitação permanente dos conselheiros e servidores;

* Criação e instalação da Ouvidoria do IMP;

* Realização periódica de “pesquisa de satisfação” com os segurados;

* Recadastramento de inativos e de segurados ativos;

* Elaboração de Cartilha Previdenciária;

* Realização de curso de educação previdenciária;

* Curso de educação financeira para os segurados;

* Entrega de menção honrosa aos aposentados do mês;

* Implantação do Programa de valorização e integração de aposentados e pensionistas;

* Implantação do Programa de preparação para a aposentadoria;

* Elaboração e publicação do Código de Ética do IMP;

* Realização do Encontro Previdenciário dos Servidores Públicos Municipais;

* Implantação do IMP Itinerante, para que servidores do Instituto percorram todos os setores da Prefeitura, Câmara e autarquias informando e respondendo a dúvidas dos servidores.

 FONTE: PREFEITURA DE ITAÚNA

Facebook Comments