Mar ameaça engolir restaurantes badalados por mineiros em Meaípe

Caranguelua 2, Birutas, Cantinho do Curuca, Sabores da Carne e Gaeta. Tradicionais restaurantes da praia de Meaípe, em Guarapari, no Espírito Santo – um dos locais mais visitados por turistas mineiros durante as férias -, estão sob a ameaça de serem “engolidos” pelo avanço do mar. Desde o dia 30 de julho, uma ressaca forte formada por um ciclone que atingiu a região Sudeste do país tem causado estragos na orla da avenida Beira Mar. A água avançou tanto que um trecho da via precisou ser interditado para a passagem de veículos e afastou os clientes. Um dos estabelecimentos mais badalados pelos visitantes de Minas, inclusive, fechou as portas temporariamente.

“O Caranguelua 2 não é tão tradicional em Meaípe como os outros, mas certamente está entre os mais frequentados até porque estamos em uma localização excelente próximos da famosa boate Mais. Mas já tem dois dias que estamos fechados por causa desse problema”, contou o empresário Fábio Castro Capistrano, de 43 anos, que comanda há três anos o restaurante instalado em Meaípe.

A força das ondas chegou a destruir 250 metros de um muro de contenção entre a orla da areia e a avenida, derrubou árvores e ainda danificou o asfalto. Nessa segunda-feira (14), o prefeito Edson Magalhães (PSD), de Guarapari, visitou o local e disse que a administração municipal vai tomar medidas para resolver a situação.

“É um prejuízo enorme para todos nós, principalmente para os clientes, que ficaram com medo de vir aqui. O prefeito prometeu e tem que cumprir. Precisamos de uma obra emergencial para conter o avanço do mar antes que a situação piore ainda mais. Porque daqui a pouco vão ter que interditar o balneário todo”, ressaltou Capistrano.

Proprietária do restaurante mais tradicional de Guarapari, o Gaeta, instalado na avenida Beira Mar há 51 anos, a empresária Galina Vieira Matos, de 71, tem o receio de que as obras não fiquem prontas antes do período de alta temporada, em dezembro e janeiro, quando os mineiros “invadem” Meaípe.

“Meaípe é um dos lugares mais bonitos do Espírito Santo, porém, infelizmente, a praia ficou feia de uns anos pra cá e agora corremos esse perigo com o avanço do mar. Imagino que as obras sejam muito caras, porque vai ser preciso muito trabalho para recuperar tudo. A gente não pode falar que vai ficar pronta antes do verão, mas vamos torcer para que dê tempo de, pelo menos, dar um jeito para que os clientes possam frequentar a praia com segurança e aproveitar os nossos restaurantes”, disse Galina.

Apolonia Cardoso, recepcionista do restaurante Cantinho do Curuca, também está preocupada com a atuação da prefeitura diante do problema. “A orla está bem feia, mas o Cantinho do Curuca, graças a Deus, ainda não foi atingido. Queremos que tudo se resolva logo porque o verão tá chegando e tem que ficar tudo bonito porque nossos clientes merecem”, destacou.

Fonte: Jornal O Tempo

Facebook Comments