Incentivos Fiscais podem garantir R$143 milhões para salvar Rio Itapecerica

O ministro das Cidades, Bruno Araújo, assinou  autorização para que a Companhia de Saneamento de Minas Gerais – Copasa emita debêntures incentivadas para a captação de R$ 480 milhões no mercado financeiro. A portaria foi assinada nesta terça-feira (11/07). Os recursos serão destinados a projetos que somam R$ 515 milhões, em obras nos municípios de Montes Claros, Divinópolis, Sabará e Região Metropolitana de Belo Horizonte. Em Divinópolis os investimentos são na casa de R$143 milhões e serão fundamentais para executar o projeto de tratamento de esgoto do Rio Itapecerica.

A autorização para a Copasa captar no mercado financeiro faz parte de um programa de incentivos fiscais do Ministério das Cidades para projetos de infraestrutura de saneamento. Os recursos serão usados em obras de implantação de captação de água no Rio Paraopeba na Região Metropolitana de Belo Horizonte, construção de um novo sistema de abastecimento de água em Montes Claros e ampliação da cobertura de coleta e tratamento de esgoto em Sabará.

Para Divinópolis consta a ampliação do Sistema de Esgotamento Sanitário (SES). Consiste na ampliação do SES Itapecerica e implantação do SES Ermida, passando a cobertura de coleta de esgotos de 82% para 100% e cobertura de tratamento de 0% para 100%. O deputado federal Domingos Sávio classificou a portaria de “fundamental”. O parlamentar comemorou, em especial, a obtenção de R$ 143 milhões para investimento em saneamento em Divinópolis. Com as obras de tratamento de esgoto, será possível atuar pelo salvamento do rio Itapecerica. “O sonho de Divinópolis é ver o Itapecerica saneado. Esse projeto começou quando ainda era o Anastasia governador, tivemos um estudo detalhado e o projeto ficou todo pronto. A Copasa precisa do recurso para concretizar os interceptores e estações para realizar o tratamento de esgoto da cidade, salvando o nosso rio”, informou o parlamentar.

O ato de autorização do ministro das Cidades foi acompanhada pelos senadores Aécio Neves e Antonio Anastasia, e dos deputados federais Domingos Sávio, Marcos Pestana, Paulo Abi-Ackel e Rodrigo de Castro.

FONTE: SISTEMA MPA

Facebook Comments