Centro-Oeste de MG tem a maior queda nas vendas do setor supermercadista, diz Amis

Associação Mineira de Supermercados divulgou “Termômetro de Vendas” em todo o estado nesta quinta-feira (29). Queda foi de 4,27% na região.

A Associação Mineira de Supermercados (Amis) divulgou nesta quinta-feira (29) o “Termômetro de Vendas” do setor supermercadista em Minas Gerais.

O estudo é referente ao mês de maio e, comparando a abril, a queda nas vendas foi de 3,97% em todo o estado. Em comparação ao mesmo período de 2016, houve crescimento de 1,96% e, de janeiro a maio, o acumulado foi de 1,25%.

A região Centro-Oeste, de acordo com o estudo, foi a que registrou a maior queda em maio, se comparado a abril, com -4,27%, seguido da região Sul, com -4,13% e da Zona da Mata, que rteve queda de -4,11%.

De acordo com a Amis, o resultado negativo em maio já era esperado pelos empresários, mas numa proporção menor. Vários fatores, entretanto, podem justificar a retração, como a base alta de comparação em abril, devido aos resultados da Páscoa, e pelo fato do mês ser, tradicionalmente, de baixo desempenho nas vendas.

A expectativa do setor é de voltar a registrar crescimento em junho. As sazonalidades “Juninas” sempre trazem impacto nas vendas de bebidas quentes, vinhos e itens típicos do período, como milho para pipoca, canjica, caldos e ingredientes para o preparo. Esses produtos, no entanto, não trazem grande impacto no faturamento devido ao baixo valor agregado.

A Associação Brasileira de Supermercados (Abras) também divulgou os dados nacionais do setor nesta quinta. De acordo com a entidade, o segmento acumula crescimento de 0,61% no País de janeiro a maio. Na comparação com o mesmo mês do ano passado, os resultados ficaram positivos em 1,06%. Porém, em maio deste ano em relação a abril, o setor registrou queda de 6,96%.

FONTE: G1

Facebook Comments