Casamento comunitário reúne mais de 1 mil casais nesta sexta-feira no Mineirinho

Evento foi promovido pela Defensoria Pública de Minas Gerais. Banda da Polícia Militar também participa da cerimônia com a marcha nupcial

Mais de 1 mil casais realizam, na manhã desta sexta-feira, o sonho do casamento, de papel passado e com direito a marcha nupcial tocada pela banda da Polícia Militar de Minas Gerais. Pela segunda vez a Defensoria Pública organiza em Belo Horizonte o casamento comunitário.

Os casais passaram pelo tapete vermelho montado no Ginásio do Mineirinho, na Região da Pampulha, e ainda vão receber bençãos religiosas antes de trocarem as alianças e declararem o amor eterno. Noivos e noivas que participam do evento ficam isentos do pagamentos das taxas de cartório para oficializar o matrimônio, que giram em torno de R$ 500 a R$ 600, segundo a defensora pública Tifanie Avellar Carvalho, que é coordenadora de Projetos e Convênios da Defensoria Pública de Minas.

“Fizemos várias parcerias para viabilizar o evento e hoje oscartórios estão aqui com a documentação pronta pra entregar aos casais”, afirma a defensora. O casamento já seria motivo de festa para o casal Leonardo Amaral Pereira, de 35 anos, e Miriam Roberta Amaral, de 31.

Porém, os dois comemoram de maneira tripla nesta manhã,

o casal Leonardo Amaral Pereira, de 35 anos, e Miriam Roberta Amaral, de 31.

porque Leonardo faz aniversário hoje e a filha mais nova do casal que está junto há 13 anos tem apenas 5 dias de vida. “Hoje temos que fazer um churrasco mais tarde para comemorar isso tudo”, brinca Leonardo. “O casamento de papel passado era um sonho”, diz Miriam.

FONTE: ESTADO DE MINAS

Facebook Comments