Ao menos 17 pessoas morrem carbonizadas em acidente envolvendo ônibus na BR 101 em Guarapari [Com Vídeo]

Há também vítimas feridas que estão sendo socorridas e levadas para hospitais da região e também da Grande Vitória. Não há previsão para a pista ser liberada

Pelo menos 15 pessoas morreram carbonizadas em grave acidente, no início da manhã deste quinta-feira (22), na BR 101, em Guarapari. A maioria das vítimas estava em um ônibus. A batida, que envolveu um ônibus da viação Águia Branca, que seguia de São Paulo para Vitória, além de ambulâncias de Jerônimo Monteiro e Alfredo Chaves, e uma carreta carregada com granito. A colisão foi registrada no km 343 da rodovia e com o impacto da batida, o ônibus pegou fogo.

De acordo com informações da equipe da Polícia rodoviária Federal (PRF), o motorista da carreta teria perdido o controle e invadido a pista contrária. Além dele, há também vítimas que estavam nas ambulâncias. Uma dessas ambulâncias era do município de Jerônimo Monteiro, e a prefeitura confirmou a morte do motorista. O veículo transportava pacientes para tratamento em Vitória.

Pelo menos dez ambulâncias, além do Corpo de Bombeiros, equipe de resgate da ECO 101, concessionária que administra a rodovia, e helicópteros da Polícia Militar foram acionados para atender a ocorrência. Vários policiais civis também estão no local e trabalham para a retirada dos corpos.

Segundo a assessoria de imprensa da Águia Branca, o ônibus transportava 31 passageiros. O motorista conseguiu sobreviver.

Os feridos foram encaminhados para a Santa Casa de Cachoeiro de Itapemirim e para a Unidade de Pronto Atendimento de Guarapari, além de hospitais da Grande Vitória, como o Jayme Santos Neves e o São Lucas.

As ambulâncias seguiam dos municípios de Jerônimo Monteiro e Alfredo Chaves para Vitória, e o ônibus seguia de São Paulo também para a Capital Capixaba. Após a colisão, o ônibus saiu de pista e pegou fogo.

Interdição 

Por causa do acidente, a ECO 101 informou que o tráfego da pista sul foi desviado no km 335, no trevo que dá acesso ao município, e o sentido norte registra congestionamento de 4 km. Não há previsão para a liberação da pista.

 

 

 

 

 

 

 

FONTE: FOLHA VITÓRIA

Facebook Comments