Governo atrasa segunda parcela do salário de servidores aposentados

O Estado admitiu o problema, mas garantiu que os pagamentos acontecerão até o fim desta terça-feira (20)

Os aposentados da administração direta do governo de Minas estão revoltados nesta terça-feira (20) devido ao atraso no pagamento da segunda parcela de seus salários, que deveria ter ocorrido na segunda-feira (19), conforme a escala divulgada pela Secretaria de Estado de Fazenda. A assessoria de imprensa da pasta confirmou o problema, mas garantiu que até o fim do dia os pagamentos serão creditados.

Desde a noite de segunda, O TEMPO recebeu diversos relatos de servidores aposentados indignados com o atraso. “As contas vão entrando e sobra para a gente somente as multas e juros, isso quando o nosso nome não vai parar em serviços de proteção ao crédito. O governo não está cumprindo com a escala, que já não é o ideal”, reclama um dos afetados pelo atraso.

Um delegado aposentado lembra que esta não é a primeira vez que o pagamento atrasa. “Foi um dia de atraso na última parcela de maio, a primeira parcela deste mês só foi paga no fim do expediente. Agora estamos preocupados como será com a terceira parcela, que estava prevista para ser paga na quinta-feira (22)”, lembra o ex-policial.

Procurada, a Secretaria de Fazenda afirmou por meio de sua assessoria de imprensa que os pagamentos são feitos por lotes e que o problema ocorreu exclusivamente no lote referente aos “servidores inativos da administração direta”. “O pagamento será creditado normalmente até o fim de hoje (terça-feira)”, concluiu.

O parcelamento dos salários dos servidores estaduais de Minas acontece desde janeiro do ano passado, sendo que os salários de até R$ 3 mil são pagos integralmente na primeira data. Já os salários de até R$ 6 mil são pagos em duas parcelas e, por fim, os servidores que recebem mais de R$ 6 mil têm o pagamento parcelado em três vezes.

FONTE: O TEMPO

Facebook Comments